Finalmente A Entrevista a Jules Dervaes

Este post, vai ser um pouco diferente dos habituais e por dois motivos:

  1. Vai ter um link para áudio
  2. Vai ser em simultâneo em Português e Inglês.

This post will be slightly diferent in two ways:

  1. Will have an audio file
  2. It will be simultaneously in Portuguese and English.

No dia 2011/06/01 tivemos a nossa primeira entrevista e foi com Jules Dervaes do UrbanHomstead.com, tivemos alguns percalços mas no final ficámos muito satisfeitos com esta nossa primeira experiência.

It was on the 2011/06/01 that we had our first interview with Jules Dervaes from UrbanHomstead.com, and although we had some minor problems, we loved the experience.

A ideia era, uma vez que fizemos a entrevista via Skype com vídeo conferencia, termos um video no Youtube da respectiva entrevista, mas como já referimos temos o vídeo, mas não temos o som, e se temos som, temos que agradecer à Jordanne Dervaes que gravou a entrevista, ufa 🙂

The idea was, since we made the interview using Skype with Video Conference, to have a Youtube video, but due to some problems with the recording software we only managed to get the video and not the audio. Luckily Jordanne Dervaes from UrbanHomstead.com also recorded the interview and provided us with the audio file.  Thank you once again Jordanne, you’ve saved the day 😉

Fiquem agora com a entrevista, que são aproximadamente 40 minutos, e deem uma olhadela aos diversos sites deles para irem vendo as fotografias e 10 anos de blog sobre a luta deles pela auto suficiência.

We leave you with the 40 minute interview and the links to some of their websites where they show 10 years of blogging reporting their journey towards self-sufficiency.

A Entrevista / The Interview

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Conclusão: A familia Dervaes é simplesmente fantástica, foi das conversas, apesar do nosso inglês, mais agradáveis que tivemos nos últimos tempos. Obrigado Jules, Jordanne, Anais e Justin Dervaes.

Conclusion: The Dervaes family is just fantastic, and although our English is not the best, it was one of the greatest talks we had recently. Thank you Jules, Jordanne, Anais and Justin Dervaes.

A Primeira Alface…em 2011/05/08

Este fim de semana fizemos, oficialmente, a nossa primeira salada com alface do nosso quintal 🙂

Seguimos o conselho que tínhamos lido, de não apanhar a alface toda pela raiz, mas sim tirar apenas as folhas que necessitamos, porque assim, em principio, a alface volta a crescer, dando novas folhas.

E o que podemos dizer da nossa alface, a não ser que estamos muito satisfeitos com o gosto, não vamos dizer que nota-se muito a diferença, que não tem nada a ver, e o camandro… Não, vamos apenas dizer que foi cultivada por nós, que foi regada por nós e que a vimos crescer e sabemos de onde vem, e podemos garantir a 100% que não tem qualquer produto químico para ficar maior ou mais doce…

É nossa e soube nos muito bem… mas ficamos também a perceber que para o ano em vez de 8 alfaces, vamos tentar plantar o dobro. 🙂

Ó ai a salada que a Faneca fez e que estava deliciosa:

Para o ano que vem esperamos que tudo o que estava nesta salada seja do nosso quintal e nada comprado. 🙂

Nota: Ainda apanhamos uns coentros para temperar as batatas com um molho que a Faneca faz que fica delicioso. E esperamos para o ano ter batatas também…

Floreira da Villa Faneca™

Ora bem, no projecto inicial da Villa Faneca™ havia uma floreira por baixo da janela, assim a imitar a vida real, sim porque toda a gente tem floreiras por baixo da janela 😉

Apesar de já termos mudado/melhorado muita coisa no galinheiro, a realidade é que ainda não tínhamos tratado da parte das flores, e as miúdas andavam zangadas ca gente… durante este fim de semana muito ocupado e num raid à Mega China perto de nós encontramos um ramo de flores (margaridas) por uns belos 0.50€ que era perfeito, só precisava, claro está, de um pouco de DIY.

Aproveitámos enquanto “bebericavamos” uma bela limonada que a Faneca fez, enfeitada com morangos da nossa horta e tudo, para fazermos a adaptação do ramo de flores.

Bastou para isso um bocado de madeira que sobrou da construção do galinheiro, um berbequim e um alicate corta arame.

Com o berbequim fizemos 10 furos, que era o numero de margaridas que o ramo trazia, no bocado de madeira que por acaso tinha o tamanho perfeito para caber dentro do vaso 😉

Depois cortamos com o corta arame um a um os pés de margaridas do ramo principal, para parecerem mais. Como estávamos tão entretidos entre a deliciosa limonada e o fazer isto nem tiramos fotos decentes do making off.

No final foi só colocar cada pé no seu buraco ficando assim:

Ainda tivemos que aparar um pouco os pés das flores porque estavam muito compridos mas em apenas 10 minutos de conversa, furos e cortes tínhamos uma bela floreira na Villa Faneca™ e as miúdas parecem ter gostado 😉

Ariops… temos mais uma parte do galinheiro pronta… mas ainda falta muito que fazer, agora temos que “refazer” o poleiro dentro da capoeira e refazer o chão na zona onde elas comem, tudo por motivos de melhorar a limpeza.

Mais uma vez dizemos, isto de vida do campo não é fácil pá, então vida do campo urbana ainda pior 😉

Mercado…novos vegetais…

Este Domingo, foi dia de mercado, e ainda por cima ali ao lado de casa, por isso praticamente deu para ir a pé.

Pensamos ir só passear mas quando chegamos à secção dos vegetais não resistimos, tivemos que trazer novos vegetais para plantar. Entao temos:

  • 2x Pés de Piri-Piri
  • 2x Pés de Meloa
  • 2x Pés de Pepino ou “Pipino” como estava escrito na placa 😉
  • 6x Pés de Brócolos
  • 8x Pés de Couve Lombarda ( Eram 15 mas demos 7 a minha mãe)

O que quer dizer com isto que teremos que fazer rapidamente uma nova SFG, como já tínhamos pensado anteriormente.

Quase tudo o que está em cima da para por a dois a dois em cada quadrado de SFG, menos as meloas e as couves lombarda, mas nós vamos na mesma arriscar colocar duas couves lombarda e dois brócolos por quadrado, o máximo que pode acontecer é ficarem muito pequenas, mas vamos ver como corre.

A vantagem de comprar ja assim em pés é que nao temos que estar a olhar para um quadrado vazio a espera que as sementes nasçam. Alem disso é mais barato do que se pensa, no total gastamos 2.70€ em toda estas plantas.

Resumindo, ainda não temos a SFG nova e já temos 12 quadrados ocupados 😉

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...