Balanço do Fim De Semana…em 2012/02/04

Nada de novo se tem passado pela nossa pequena Quinta Faneca™ temos andado maioritariamente de volta da casa mas por dentro. Com o novo elemento da família ja a metade do caminho para chegar a este mundo muita coisa há a fazer 🙂

Mas mesmo assim ainda vamos tratando do que temos a tratar no quintal, nomeadamente:

  • Limpeza semanal da Villa Faneca™
  • Acrescentamos nova palha à já existente.
  • Mudança dos Fanecos para uma nova gaiola.
  • Limpeza do quintal
  • Limpeza de ervas…

Como podem ver não temos andado parados, apesar de por aqui as coisas estarem assim mais calmas, por isso pedimos desculpa, mas não se preocupem que não fomos embora 😉

O Suporte para o Candeeiro…e Coisas Antigas…

Uma das coisas que gostamos muito de fazer é aproveitar moveis e acessórios de casa antigos e usa-los nos dias de hoje.

Um dos exemplos aconteceu já à alguns meses e já o usamos em varias noites de conversa agradável no quintal, que é um candeeiro a oleo.

Mas este fim de semana que passou encontramos na garagem da minha mae algo que foi em tempos feito pelo meu pai e que fica perfeito para colocar o dito candeeiro.

A foto não é das melhores, mas dá para ter um a ideia. O que podemos dizer é que fica muito bem na parede da nossa churrasqueira 🙂

Ainda temos lá mais um candeeiro a óleo, mas esse vamos usar dentro de casa, porque é mal empregue para usar na rua. Andamos sempre à procura de novas coisas antigas que fiquem bem lá por casa, nos dias que correm tem que se saber aproveitar tudo e há coisas antigas que ficam simplesmente brutais nas casas dos dias de hoje. 🙂

Um dos projectos que decidimos que gostávamos de ter é uma coisa destas:

Por isso se alguem tiver prai uma que nos queira oferecer ou vender a bom preço, já sabem, deixem ai contacto 😉

NOTA: Não pensem que a nossa casa é tipo ferro velho que temos de tudo e mais alguma coisa, estamos a falar de coisas que achemos que fiquem bem 🙂

Fertilizante Organico – Composting…

Pensamos que o que nos impedirá efectivamente de fazer este projecto e para grande pena nossa é sem duvida o espaço…

Já lemos e re-lemos e procuramos vídeos e tudo o que pudemos, e confirma-se, temos mesmo que arranjar um pequeno/grande espaço onde colocar os materiais para decompor.

A grande vantagem seria pouparmos em fertilizante e acima de tudo, porque a técnica SFG implica que de plantação para plantação seja colocada uma camada de composto. Temos que mais uma vez olhar para o nosso pequeno pedaço de terreno e encontrar um sitio onde colocar um pequeno “contentor”. Para já vamos continuar a ler e ver vídeos.

Ficam estes dois que achamos muito bons.

Já agora se alguém tiver prai um balde de compostagem que já não use, teremos todo o gosto em ficar com ele 😉

As meninas e a rua…

Assim à primeira vista o que podemos concluir é que elas não ficaram lá muito contentes de as termos tirado do seu quentinho com uma temperatura media de 30º para um quintal muito espaçoso e um pouco mais frio…

Na sexta feira quando chegamos e achamos que estava calor, achamos por bem meter as meninas um pouco no quintal a “arejar”, e claro que o primeiro sitio que as metemos foi em cima da relva, porque sabemos que elas gostam de esgravatar, errado, sempre que metíamos uma delas na terra a magana fugia para o cimento, aparentemente não estavam prai viradas…

Pensamos que efectivamente ainda têm que ficar mais um tempo no berçario…

E agora sem mais demoras ai ficam elas:

  • A Maria

Nota-se que não estava lá muito contente, mas no final de contas foi a que custou mais a apanhar para voltar para dentro do berçario, alias é a que nos dá mais dores de cabeça quando é para mudar a água e meter mais comida, porque assim que abrimos a rede, ela salta logo cá para fora, é ruim pá 😉

  • A Josefina

Ou Josy para os amigos 😉 nota-se que a rapariga tem queda para as passereles, ora reparem na pata assim mais para trás e o olhar de esguelha para a maquina fotográfica 😉

  • A Gertrudes

Ora ai vai ela a fugir da terra para a segurança do cimento, e claro que uns cm’s mais a frente depois de estar confortavelmente em cima do cimento, largou um valente lastro :P, não podia ter feito na terra?? Poder até podia, mas não era a mesma coisa 😉

E assim foi o primeiro contacto das nossas meninas com o quintal onde irão passar muitos e largos dias…

Deem uma olhadela tambem no post da Faneca – A Faneca Soltou a Franga…até porque as fotos são da autoria da mesma 😉

Gastar menos agua a regar?

ora bem…a soluçao passa por:

com um pouco de:

e uns tubos aqui e outros tubos ali:

e pumba temos uma soluçao que poupa bastante agua, Porque?

Ao ser rega de gota a gota, dizem poupar ate 50% de agua e ainda tem a vantagem que usando o arduino para controlar, ela so rega quando a horta ou qualquer outra area realmente precisar de agua.

A ideia é ter varios sensores pelo quintal fora e fazer contas… simples nao? 🙂

Eu sei que podia usar computadores de rega que ja trazem o sensor de humidade. Mas alem de custarem mais de 50€ e so terem um sensor e um fio de 5 mts, não era a mesma coisa, e assim estou a rentabilizar material electrónico que tenho lá para casa. Alem disso o esquema fica ja preparado para no futuro tirar agua dos barris, e em caso de falta de agua nos mesmos, vai buscar agua à torneira…digam la se conseguiam fazer isto com um mero computador de rega pá! E pelo caminho ainda avisa a Nespresso™ na cozinha para tirar um cafezito! 😉

Isto é para adicionar ao conjunto ja existente do “Control My Garden“…

depois, como sempre, mais pormenores quando estiver tudo montado…

Ja agora um pequeno aparte, ultimamente parece que quando preciso de qualquer coisa que sai fora do normal nunca encontro na zona de Lisboa, acabo sempre por após algumas voltas no google encontrar na zona de Leiria, são exemplo disso, os barris de 200 lts e agora a válvula solenóide…

Suporte da Mangueira…

Epah…este titulo não soa la muito bem 😛
enfim…vamos ao que interessa, sempre fui um pouco contra furar paredes para colocar suportes para mangueiras, talvez por durante toda a minha vida ter assistido ao meu pai constantemente à guerra para encontrar suportes novos que ficassem bem nos furos que já lá existiam..mas uma vez que com a colocaçao dos barris no quintal, nao tinhamos grandes hipoteses de ter a mangueira enrrolada num carro, teve mesmo que ser:

Foi um suporte que custou uns maravilhosos 2.50€ e espero que dure para muitos anos, é de um plastico fraquito, mas também pelo preço não se podia pedir mais… enfim, mais um assunto arrumado no quintal…

Projector quintal…

Quando começamos a por candeeiros na rua chegamos a conclusão que bastava por na parte da frente, e que depois lá para a frente logo comprávamos para a parte de tras…pois… o problema, é que comprar candeeiros em promoção tem as suas desvantagens,  é que eles esgotam….

Tínhamos que arranjar uma outra alternativa para a parte de trás.

A solução foi encontrada quando dava uma olhadela as tralhas que ainda temos na casa da minha mãe. Um projector que usei no passado para tirar fotografias de estudio:

So tínhamos que comprar uma lâmpada nova mais económica, sim porque 500W upa upa… e pumba, sempre poupavamos uns trocos na compra de um projector, uma vez que este estava em perfeitas condições.

Depois de as devidas furacões e instalações eléctricas o resultado foi este:

Resumindo, depois de por uma das lâmpadas económicas (200W=350W) = 2.58€, o que podemos concluir é que se calhar a Camara Municipal vai começar a pagar-me iluminação Publica, porque…epah…digamos que quando o ligamos fica de dia no quintal 🙂

As Chapas…

Na realidade este não foi o primeiro projecto, mas foi um dos que mais gozo me deu fazer ate porque sendo o orçamento muito reduzido tinha mesmo que ser eu a fazer e foi devido a este projecto de colocar as chapas que levou a re-descobrir um mundo de DIY que havia ai a minha espera e de coisas que eu queria/podia fazer na nossa casa.

Bem, passando as chapas, na realidade as chapas era um assunto que ja se debatia a algum tempo la por casa, porque sendo uma vivenda perto da estrada, queríamos ter alguma privacidade quando estávamos a assar umas bifanas e a beber umas minis! E que melhor altura para fazer isto do que o aproximar da Primavera, que leva a que as grandes superficies coloquem este tipo de artigos em promoção.

O nosso quintal sem chapas era assim:

Por isso vamos ao trabalho, tiradas as medidas ao quintal, la fomos para o Leroy Merlin a procura de chapas para forrar o quintal, a duvida colocava-se em chapas brancas ou verdes, ou ainda verdes por fora e cor “deslavada” por dentro, a diferença eram:

  1. Chapas Verde/Verde: 15.95€
  2. Chapas Verde/Deslavado: 10.95€
  3. Chapas Branca/Branca: 15.95€

Ok, eu sei que a diferença sao 5€, mas por 5€ merece a pena porque o quintal nao fica tao escuro, e sendo uma casa branca com um quintal relativamente pequeno, toda a luz faz falta. Por isso la apertamos um pouco o cinto e siga para as brancas.

Entao a lista de compras final ficou em:

  1. 8x Chapas de 1mx1m Branca/Branca
  2. 2x Caixas de Rebites de Aluminio

No final tive que devolver 1 caixa de rebites e uma chapa, nao sei que raio de contas fiz, mas sobrou-me uma chapa e meia, mas se o quintal tem 7.5 metros, e cada chapa tem 1 metro, nao davam 8 chapas?!?! enfim…

Sendo que o nosso muro ja tinha uma especie de gradeamento era so uma questao de tirar medidas e colocar um rebite a cada x centimetros, se nao tivesse gradeamento daria um pouco mais de trabalho e ficaria mais caro, mas ei nem tudo pode ser mau 😉  foi so mesmo furos e rebites…MUITOS FUROS e muitos REBITES… 98 de cada para ser mais preciso.

Uma das coisas que  me ajudou foi o facto de por acaso ter falado uns dias antes com um amigo no trabalho que me recomendou comprar uma broca de qualidade e me emprestou esta maravilhosa maquina de colocar rebites que lhe custou 25£ e digo-vos para o preço esta mais que bem paga, é que meus amigos, colocar 98 rebites é de rebentar os braços.

Enfim, no geral foram 5 horas de trabalho com paragem para almoço e minis, sim porque trabalhar sem beber umas minis é que não pode ser.

A montagem no geral foi relativamente facil. Vejam como ficou:

Efectivamente ficamos um pouco com menos luz no quintal, o que poderá dificultar um pouco o crescimento da relva naquela zona, mas a privacidade conta muito..e a relva ainda nem sequer esta plantada…

Fizemos um pequeno filme de 5 minutos que mostra as aventuras de montar as chapas e como vao ver, quem ainda nao viu, é muito muito facil.

Aqui fica o filme… As Chapas…

Duvidas em que possa ajudar, já sabem, deixei ai nos comentários que se eu souber ou conhecer quem saiba, re-encaminho.

Abraço e boas DIY.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...