Moeda para o carrinho…

Não sei bem porque, mas no Aldi aqui ao pé de casa a moeda para o carrinho são 2 Euros, ora raramente eu ou a Faneca temos moedas, quanto mais moedas de 2 euros.

Mas na nossa última ida lá, a Faneca pergunta-me a assim:

E se imprimisses uma moeda na impressora 3D?

Gaita, e não é que ela tem razão? Coisa tao simples, e tão rápida, bastou apenas 5 minutos a procura no Thingiverse, para rapidamente encontrar: 1 and 2 Euro shoping coin.

Próximo passo, por novamente a impressora a trabalhar uma vez que já não era usada há mais de 3 meses, colocar filamento, substituir algumas pecas, etc etc.

E 10 minutos depois, pumbas…

coins

Tínhamos duas moedas de 1 e de 2 euros para por no porta chaves. Ai, se eu tivesse uma impressora 3D quando andava de carrinhos de choque 😉

Nota:  Cá por estas bandas eles não dão as moedas de plástico no supermercado, acho que ainda não chegou cá essa moda.

E ainda aproveitamos que tínhamos a impressora ligada e imprimimos mais uns ganchos para pendurar coisas na barra do Ikea na cozinha.

gancho

O funil e o medidor de esparguete já tinham sido impressos noutra altura.

 

 

Estufa da SFG1…

Bem, não se pode chamar uma estufa das melhores, mas pelo menos aparentemente as alfaces parece que gostaram de não levarem a noite toda com humidade.

A técnica é simples:

  • 3 Tubos de electricidade (0.30€ x3)
  • Alguns ZipTies
  • Um plástico grande do chinês (0.75€)

E pumba temos uma estufa, usamos algumas molas que tínhamos lá para fixar o plástico e nas pontas agrafamos dois bocados de madeira para fazer peso.

Os bocados de madeira teem a vantagem acrescida de se quisermos podemos enrolar o plástico e remover completamente a estufa.

O aspecto ficou este:

Infelizmente desta vez não tiramos mais fotos do processo de construção mas se procurem ai pelo youtube o que não falta são vídeos de como fazer uma estufa para a SFG.

Precisamos ainda de melhorar:

  • A maneira como esta presa a SFG.
  • Comprar um plástico maior porque a “porta” não fecha bem.

Mas para já serve e sente-se bem a diferença de temperatura dentro da estufa.

Fica um vídeo de uma versão que gostamos muito:

Temos que ver porque antigamente tínhamos pazadas de ferros das tendas de campismo antigas 😉

A nossa estufa…para a SFG

Nós estávamos a tentar evitar fazer a estufa, inclusive metemos uma cunha a “ELES” ou os Srs. do Tempo,  como todos dizemos 😉 mas mesmo assim não nos safámos, os nossos morangos simplesmente não estavam a gostar nada do tempo…

Por isso e mais uma vez recorrendo ao que tínhamos lá para casa, lá conseguimos fazer uma capa para a chuva e geada…ironicamente, ou não, hoje esta um SOL do caraças!

Isto era o que tínhamos e iriamos precisar:

  1. Plastico com 1.5mx2m
  2. ZipTies (Braçadeiras)
  3. Furador

O plano era simples, bastava meter o plastico por cima da ja existente estrutura de protecção contra os gatos, pássaros e afiliados:

e com o furador fazer uns furos no plástico para usar as braçadeiras para fixar o mesmo à rede, simples e pratico.

Nota: Tivemos o cuidado de dobrar o plastico pelo menos duas vezes no sitio onde furamos, porque assim dá-lhe mais resistencia evitando assim que as braçadeiras rasguem o plástico com facilidade.

Infelizmente o plástico que tínhamos é um pouco curto e só tapa por cima e ligeiramente dos lados, mas vendo pelo lado positivo assim a estufa pode “arejar”  e não nos cozinha os vegetais. Nós tambem sabemos que este nao é o plastico correcto para estufas uma vez que é transparente, mas como ja mencionamos era o que tínhamos lá em casa, e uma vez que vinha la chuva e geada tinhamos que o fazer o mais rápido possível!

Claro que enquanto a estavamos a fazer estava a choviscar, mas tambem parou imediatamente assim que colocamos a protecçao no local. Gaita pá…

Ok o resultado final ficou este, não é bonita, mas esperemos que funcione… é mais um ponto a aprendermos para a próxima vez.

Agora sempre queremos ver que geada é que nos vai “comer” os morangos 😉

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...