Balanço do Fim De Semana…em 2012/02/04

Nada de novo se tem passado pela nossa pequena Quinta Faneca™ temos andado maioritariamente de volta da casa mas por dentro. Com o novo elemento da família ja a metade do caminho para chegar a este mundo muita coisa há a fazer 🙂

Mas mesmo assim ainda vamos tratando do que temos a tratar no quintal, nomeadamente:

  • Limpeza semanal da Villa Faneca™
  • Acrescentamos nova palha à já existente.
  • Mudança dos Fanecos para uma nova gaiola.
  • Limpeza do quintal
  • Limpeza de ervas…

Como podem ver não temos andado parados, apesar de por aqui as coisas estarem assim mais calmas, por isso pedimos desculpa, mas não se preocupem que não fomos embora 😉

Janeiro – Agricultura/Jardinagem/Animais

O que se deve fazer, tirado do famoso Borda d’Agua:

Lavoura das terras e preparação das culturas de Inverno, como a da batata, iniciando-se onde for possivel, a plantação precoce. A poda no Minguante é recomendável, mas nas figueiras, laranjeiras e macieiras os grandes cortes são prejudiciais. Enxertos no Crescente. Semear fava, ervilha, alface e rabanete. No Norte e no Centro, semear centeio, couve galega, nabo, nabiça, rabanete, salsa e tomate. No Sul, cenoura, couves, ervilha, feijão, nabiça e tomate. Em estufa ou cama quente, plantar pepino, meloa e pimento. Semar canteiros de cenoura, alho, cebola, alface, ervilha, alho-porro e salsa.

Na Horta semear (em canteiros ou em alfobres bem abrigados e defendidos das geadas) alface romana, couve repolho e saboia, rabanete. Colher couves, espinafre, etc. Mergulhar vide, podar e meter bacelo. Em tempo calmo, frio, seco e sem nuvens, deve.se fazer a trasfega do vinho.

No Jardim semear begonias, ervilhas-de-cheiro, gipsofilas, girassois, lírios, paciências, flor-de-lis, secias, zinias, goivos, miosótis, etc. Colher violetas, amores-perfeitos, camélias, jacintos, tulipas, etc.

Animais: vacinar o gado bovino, cavalar, ovino, caprino e os porcos contra as doenças rubras.

Outubro – Agricultura/Jardinagem

O que se deve fazer, tirado do famoso Borda d’Agua:

Iniciar a colheita da azeitona e combater a gafa. Semear cereais praganosos. Em, viveiro, semear as amendoeiras e os pessegueiros. Nos ligares mais secos e abrigados, plantar as oliveiras. No Minguante estercar as covas para as árvores a transplantar na Primavera. Plantar árvores de fruto e podar (corte diagonal) as árvores resistentes ao frio.

Na Horta resguardar do gelo e preparar canteiros para a sementeira de alfave e cebola. Semear em local definitivo agrião, cenoura, alhos e cebolinhas. Colocar em local definitivo as couves de Primavera e a alface de inverno; Colher a castanha. noz, avelã, abobora e melão de Inverno.

No Jardim, estrumar, semear lírios, narcisos, tulipas, ciclames, açucenas, jacintos junquilhos, anémonas. Colher as flores de Outono: dálias, rosas, etc.

Agosto – Agricultura/Jardinagem/Animais

O que se deve fazer, tirado do famoso Borda d’Agua:

Na Horta, em local definitivo, semear agrião, espinafre, feijão, nabo, rabanete, repolho de Inverno, salsa; em canteiro semear acelga, alface e couve-nabo. Cavar e sachar o milheiral e as hortaliças, e regar bem, antes das sementeiras e das trnasplantações; em estufa semear ervilha e feijão. Monda dos arrozais. Recolher fruta e ni Minguante seca-la. Na vinha desparrar moderadamente para que as uvas amadureçam.

No Jardim, regar as plantas com bastante frequencia. Mudar as cinerárias e amor-perfeitos; colheita matianl de rosas e flores.

Animais: No gado, completar a forragem com suplemento alimentar natural.

O Pequeno Canteiro…

No seguimento do post “Mais um Canteiro” queríamos apenas deixar uma fotografia de como ficou o respectivo e como estão já os Nasturtiums a aparecerem.

O pote de barro é um velho assador de castanhas que se partiu o fundo e estava no canteiro. Quando reformulamos o canteiro decidimos que era giro fazer com que as flores nascessem de dentro do assador, até agora parece estar a funcionar. 🙂

Temos compostagem…

No post  Fertilizante orgânico – Composting tínhamos mencionado e citamos:

Pensamos que o que nos impedirá efectivamente de fazer este projecto e para grande pena nossa é sem duvida o espaço…

Mas, eis que graças a um comentário do Santos466 no post acima ficámos a saber que iria haver uma promoção de caixas de compostagem por uns módicos 29.99€ no lidl, ora se um dos principais factores de não termos uma caixa de compostagem era o espaço, o maior ainda era o preço que varia normalmente entre 49€ a 69€ nas grandes superfícies.

Por isso no dia 25 de Abril, segunda feira logo as 9:00 lá fomos ao lidl perto de nós para comprar a caixa, felizmente quando chegamos ainda haviam duas caixas, mas quando vínhamos embora já não havia nenhuma.

Estamos satisfeitos com a caixa e foi muito fácil de montar, para nós o único senão é que é muito grande, por isso tivemos que a colocar não na parte de trás do quintal mas sim na parte da frente, e achamos sinceramente que até ficou muito bem 🙂

Actualmente a caixa ja está cheia até meio com relva e folhas secas que a minha mãe cortou do quintal dela. Por enquanto não tem cheiro, a não ser um pequeno aroma a limões/relva/folhas destruídas por uma maquina de cortar relva.

Ainda não começámos a juntar restos de vegetais e fruta, mas antes de o fazermos ainda vamos arranjar mais folhas secas porque é a solução para não deitar cheiro. Uma vez que ficou perto do quintal do vizinho e ainda por cima à frente, teremos que ter muito cuidado com cheiros. Vamos também usar palha para criar uma pequena camada enquanto não tivermos uma quantidade enorme de folhas.

Entretanto encontrámos mais uns links sobre compostagem:

Vamos ver como corre, e se tudo correr bem em breve teremos adubo do melhor e acima de tudo a custo 0€ 😉

Gastar menos agua a regar?

ora bem…a soluçao passa por:

com um pouco de:

e uns tubos aqui e outros tubos ali:

e pumba temos uma soluçao que poupa bastante agua, Porque?

Ao ser rega de gota a gota, dizem poupar ate 50% de agua e ainda tem a vantagem que usando o arduino para controlar, ela so rega quando a horta ou qualquer outra area realmente precisar de agua.

A ideia é ter varios sensores pelo quintal fora e fazer contas… simples nao? 🙂

Eu sei que podia usar computadores de rega que ja trazem o sensor de humidade. Mas alem de custarem mais de 50€ e so terem um sensor e um fio de 5 mts, não era a mesma coisa, e assim estou a rentabilizar material electrónico que tenho lá para casa. Alem disso o esquema fica ja preparado para no futuro tirar agua dos barris, e em caso de falta de agua nos mesmos, vai buscar agua à torneira…digam la se conseguiam fazer isto com um mero computador de rega pá! E pelo caminho ainda avisa a Nespresso™ na cozinha para tirar um cafezito! 😉

Isto é para adicionar ao conjunto ja existente do “Control My Garden“…

depois, como sempre, mais pormenores quando estiver tudo montado…

Ja agora um pequeno aparte, ultimamente parece que quando preciso de qualquer coisa que sai fora do normal nunca encontro na zona de Lisboa, acabo sempre por após algumas voltas no google encontrar na zona de Leiria, são exemplo disso, os barris de 200 lts e agora a válvula solenóide…

Rega gota a gota…

depois de muito desenhar,  em breve isto:

Será o nosso sistema de rega da horta e das arvores, bem como o “exota” animais da nossa horta…

Para ja irá ligar a torneira da companhia, mas assim que o sistema de barris estiver montado é para ligar directamente aos barris!

Todo o sistema é controlado pelo Arduino que ficou ontem pronto o código.

Suporte da Mangueira…

Epah…este titulo não soa la muito bem 😛
enfim…vamos ao que interessa, sempre fui um pouco contra furar paredes para colocar suportes para mangueiras, talvez por durante toda a minha vida ter assistido ao meu pai constantemente à guerra para encontrar suportes novos que ficassem bem nos furos que já lá existiam..mas uma vez que com a colocaçao dos barris no quintal, nao tinhamos grandes hipoteses de ter a mangueira enrrolada num carro, teve mesmo que ser:

Foi um suporte que custou uns maravilhosos 2.50€ e espero que dure para muitos anos, é de um plastico fraquito, mas também pelo preço não se podia pedir mais… enfim, mais um assunto arrumado no quintal…

Projector quintal…

Quando começamos a por candeeiros na rua chegamos a conclusão que bastava por na parte da frente, e que depois lá para a frente logo comprávamos para a parte de tras…pois… o problema, é que comprar candeeiros em promoção tem as suas desvantagens,  é que eles esgotam….

Tínhamos que arranjar uma outra alternativa para a parte de trás.

A solução foi encontrada quando dava uma olhadela as tralhas que ainda temos na casa da minha mãe. Um projector que usei no passado para tirar fotografias de estudio:

So tínhamos que comprar uma lâmpada nova mais económica, sim porque 500W upa upa… e pumba, sempre poupavamos uns trocos na compra de um projector, uma vez que este estava em perfeitas condições.

Depois de as devidas furacões e instalações eléctricas o resultado foi este:

Resumindo, depois de por uma das lâmpadas económicas (200W=350W) = 2.58€, o que podemos concluir é que se calhar a Camara Municipal vai começar a pagar-me iluminação Publica, porque…epah…digamos que quando o ligamos fica de dia no quintal 🙂

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...