O Feijão…

Já foi há algum tempo que apanhámos todo o nosso feijão, mas nunca tínhamos feito um post sobre os resultados, mas nem é tarde, nem é cedo, é já hoje 🙂

Na realidade o feijão não deu muito, mas deu o suficiente para uma refeiçao para duas pessoas, o que já não é mau. E aqui tal como nos outros produtos, considerando que foi tudo começado como experiência, poderia-se dizer que até nem correu mal 🙂

Para o ano que vem temos alguns pontos a melhorar no que diz respeito ao feijão, nomeadamente:

  • Apanhar as canas para os suportes mais cedo e deixar a secar
  • Plantar mais feijão em vez de apenas 8 pés
  • Tentar plantar em solo mais fundo.
  • Plantar outras variedade de feijão.

Veremos como corre 😉

Os Tomates… em 2011/07/25

Este é o aspecto dos nossos tomateiros à data actual 🙂 pode-se dizer que estão com optimo aspecto, e lá pelo meio estão cheios de tomate. Começamos a pensar seriamente se a estrutura aguentará com o peso.

E foi este sabado que apanhámos os nossos primeiros tomates, mais uma vez tivemos que recorrer a quem sabe para sabermos ao certo quando é que é suposto serem apanhados os tomates, e afinal já os devíamos ter apanhado antes, é que este tomate é sempre “rijo” e por isso tem que se apanhar quando começa a ficar vermelho e deixar amadurecer o resto cá fora, ora nós estávamos a espera que eles ficassem assim mais moles para os apanharmos.

Mas finalmente apanhamos e reparem no bom aspecto que têem:

Yep, aqui estão eles em todo o seu esplendor 🙂 claro que no domingo já comemos uma bela salada com Alfaces, Pepino, e Tomate da nossa horta, só nos falta mesmo as cebolas, que iremos plantar quando for a época 🙂

E não nos cansamos de dizer isto, Sabe tão bem comer vegetais que nós plantámos…

Homegrown Revolution (Award winning short-film 2009)

O filme da Família Dervaes que todos deviam ver e inspirar-se…

Em Portugal em tempos também se fez isto e muito, alias, quem me ensinou parte das coisas que sei do campo foram os meus pais, que tiveram galinhas, patos, codornizes, etc, etc… mas a realidade é que a vontade de cultivar algo para comer se perdeu no tempo, e hoje em dia ter um quintal que produza qualquer coisa é algo mais de “moda” do que propriamente de vontade e gosto, e podemos ate ser olhados de maneira diferente pelos vizinhos felizmente os nossos vizinhos ate acham engraçado a maneira como nós somos e como  levamos a vida…;)

Ficam com estas palavras e com o vídeo de 15 minutos que merece muito a pena.

Thanks Dervaes family for a very inspirational video, and glad you shared it.

Caixa – Vegetais – Compostagem…

Quando compramos a caixa de compostagem decidimos aderir ao processo completo da coisa e para isso tínhamos que começar a aproveitar os restos da cozinha.

Ora bem, o processo que estamos a falar tem duas grandes vantagens:

  1. Amigos do ambiente
  2. Melhora o tipo de composto que sai da caixa de compostagem…

Quando falamos em aproveitar os restos da cozinha estamos a falar de:

  • Filtros de café depois do café tirado
  • Molhos e condimentos
  • Caroços de Fruta
  • Maçarocas de milho
  • Flores velhas ou os caules cortados
  • Cascas de Ovo
  • Cascas de Fruta
  • Nozes e afiliados
  • Cascas de Ameijoas
  • Pão com bolor
  • Chá e sacos de chá
  • Vegetais diversos

Resumidamente, até porque se quiserem saber mais o melhor é lerem este livro, o que temos que fazer é ter sempre ao lado de onde estamos a preparar a comida um pequeno recipiente que regularmente despejamos no contentor de compostagem.

Nós estamos a usar uma caixa que compramos no ikea por mais ou menos 2€ e que serve muito bem, não veda totalmente por isso não cria cheiros e não dá trabalho a abrir,  alem disso como não é suposto o conteúdo ficar la muito tempo não há problema. Um destes dá-nos mais ou menos para uma semana ou um fim de semana se os piratas estiverem lá em casa.

Quando está cheio é só pegar nele e despejar no contentor grande de compostagem, sempre tendo em atenção a relação Nitrogénio/Carbono, sendo que o Nitrogénio são os restos e o Carbono os secos, como palha ou folhas secas.

Para isso abrimos um buraco no meio do composto que já temos e metemos para lá isto tudo, depois fechamos e cobrimos com palha, porque não temos muitas folhas secas pelo quintal.

Já estamos a fazer isto a 2 semanas, mais ou menos, e não temos qualquer cheiro no quintal. Todos os dias verificamos abrindo a tampa e verificando se esta quente o conteúdo e se tem qualquer tipo de cheiro, até porque através do cheiro consegue-se perceber se precisa de mais Carbono ou mais Nitrogénio.

Aproveitamos também quando colocamos nova “dose” de verdes para revolver o composto, fazendo assim com que a parte quente do interior passe para fora e volte a aquecer por dentro, deixando assim entrar ar para o composto e não dando origem ao apodrecimento em vez da decomposição.

É mais fácil do que parece, nós próprios não acreditávamos que fosse assim tão fácil, mas realmente se se tiver um pouco de atenção nas doses que se usam é mesmo muito fácil.

Temos compostagem…

No post  Fertilizante orgânico – Composting tínhamos mencionado e citamos:

Pensamos que o que nos impedirá efectivamente de fazer este projecto e para grande pena nossa é sem duvida o espaço…

Mas, eis que graças a um comentário do Santos466 no post acima ficámos a saber que iria haver uma promoção de caixas de compostagem por uns módicos 29.99€ no lidl, ora se um dos principais factores de não termos uma caixa de compostagem era o espaço, o maior ainda era o preço que varia normalmente entre 49€ a 69€ nas grandes superfícies.

Por isso no dia 25 de Abril, segunda feira logo as 9:00 lá fomos ao lidl perto de nós para comprar a caixa, felizmente quando chegamos ainda haviam duas caixas, mas quando vínhamos embora já não havia nenhuma.

Estamos satisfeitos com a caixa e foi muito fácil de montar, para nós o único senão é que é muito grande, por isso tivemos que a colocar não na parte de trás do quintal mas sim na parte da frente, e achamos sinceramente que até ficou muito bem 🙂

Actualmente a caixa ja está cheia até meio com relva e folhas secas que a minha mãe cortou do quintal dela. Por enquanto não tem cheiro, a não ser um pequeno aroma a limões/relva/folhas destruídas por uma maquina de cortar relva.

Ainda não começámos a juntar restos de vegetais e fruta, mas antes de o fazermos ainda vamos arranjar mais folhas secas porque é a solução para não deitar cheiro. Uma vez que ficou perto do quintal do vizinho e ainda por cima à frente, teremos que ter muito cuidado com cheiros. Vamos também usar palha para criar uma pequena camada enquanto não tivermos uma quantidade enorme de folhas.

Entretanto encontrámos mais uns links sobre compostagem:

Vamos ver como corre, e se tudo correr bem em breve teremos adubo do melhor e acima de tudo a custo 0€ 😉

Garden Planner – iPhone App

Mais uma que descobrimos recentemente.

Tem funcionalidades como: tirar fotos e colocar notas, comprar directamente sementes e acessórios para o jardim, e um guia bastante extenso de como plantar vegetais. Não sabemos que vegetais tem e se tem todos, mas certamente terá bastantes uma vez que, segundo dizem, é das mais extensas que existe na iTunes App Store.

Garden Planner

Description

Whether you have a massive garden plot, or just a few planters, growing produce is very satisfying as well as healthy.
We have created the most complete gardening application in the app store, it will accommodate the enthusiastic gardener looking to grow their own produce or the novice gardener just starting out. It is a feature packed app that helps you track whats in your garden, keep notes along side each item in your garden with accompanying photos and even lets you search a photo filled encyclopedia of hundreds of plant growing guides. (…)

Preço: 2.99€

Podem ver mais info sobre a mesma em: iTunes

O sistema de rega…

…finalmente esta pronto e montado e esperemos que a funcionar…

quando vimos a previsão do estado do tempo para este fim de semana começamos logo a pensar que não era ainda desta que tirávamos as fotografias e acabávamos a respectiva instalação, mas afinal o S.Pedro deu-nos umas pequenas treguas o que permitiu efectivamente concluir o sistema.

então como podem ver pela fotografia em cima, o sistema é simples, dois cabos que ligam a uma pequena caixa onde se encontra o relay, que por sua vez saem dois, um para ligar a ficha eléctrica e outro para ligar a eletro-valvula aka válvula Solenóide sendo que esta ultima por sua vez abre e fecha a agua para regar os morangos, e voilá, nunca mais os nossos morango terão falta de agua 🙂

Pelo caminho ainda é anunciado no LCD do sistema que esta a decorrer a rega.

A rega decorre durante periodos de 2 minutos, sendo que terminando esses dois minutos é feita uma nova leitura a ver se ainda precisa de agua, se sim  serão feitas outras regas ate que o sistema detecte que a terra tem a humidade certa.

Agora que o sistema esta finalmente pronto ja podemos mostrar como tudo ficou bem arrumadinho dentro de um armário que até então só servia única e exclusivamente para guardar carvão e aranhas…

E aí esta ela, ok nos sabemos que nao tem um aspecto muito profissional apesar de termos atado os cabos todos com muito cuidado, mas bolas, faz o que é preciso. Ainda estamos em estudo de melhorar a coisa, mas para ja é o que o orçamento permite.. e acreditem que comprar caixas nao sai barato pa 😛

Uma pequena legenda, a caixa grande em cima a esquerda é onde esta o arduino com a respectiva ethernet shield bem como todos os cabos e o conversor de rede eléctrica para rede internet que é a maneira mais pratica que, com o que tínhamos a mão, conseguir enviar os dados dos sensores para o pachube.com. -> Nota: O pachube hoje não esta a actualizar porque definir um ciclo infinito no arduino com um contador definido como int nao dá bom resultado 😛

Presumimos que a caixa seja “estanque” e nao entre agua e nos de cabo do esquema todo.. é um risco.

Sempre que nos apetecer podemos ir ver o estado da coisa no lcd que esta colado de uma maneira muito profissional tambem,(fita cola faz milagres) na caixa.

Ainda estamos com alguns problemas no que diz respeito ao sensor de temperatura, mas estamos de volta dele, tem alturas do dia que o magano nos diz que estão 50º a sombra…

em breve, e isto porque ainda estamos em fase de afinar alguns pontos, será disponibilizado o código do Arduino no JAPAB. isto para quem quiser ver um codigo um pouco ou tanto martelado hehe.  pedimos desculpa da demora, mas não tem sido uma fase fácil e o tempo nao da para tudo…ja conseguirmos tirar algumas fotos e escrever este post não foi fácil.

por isso fiquem por aí 😉

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...