A Base do Painel Solar… v2.0

Quando começámos este projecto, falamos neste assunto, e estava tudo indicado que era o que iríamos usar para servir de base para o nosso painel, mas quando olhamos melhor chegámos à brilhante conclusão que não iria ser possível uma vez que:

  1. Só permitia ter um máximo de dois painéis
  2. Achamos que ia ficar feio e dar muito nas vistas devido a altura.

Estamos a falar deste post no qual mostrávamos uma base de uma antena parabólica, que supostamente seria a base do painel.

Como isto não servia tínhamos que ir para o papel desenhar uma estrutura que desse para:

  1. Ser estável
  2. Possibilidade de expansão (adicionar mais painéis)
  3. Possibilidade de regular entre 15º(Verão) e 45º(Inverno) de inclinação dos painéis.
  4. O mais barato possível 😉

Pegamos no Google Sketchup ( que nunca tínhamos usado na vida) e nalguns sites para cálculos de ângulos e tamanhos e afins, e o resultado final é este:

Note-se que os painéis não vão ser independentes, isto é só para ilustrar o tamanho dos tubos que irão fazer a regulação do ângulo. Sendo que o painel da esquerda é o que esta a 45º e o da direita a 15º.

Esperamos conseguir fazer isto este fim de semana.

Fiquem por ai que depois damos mais novidades.

O Projecto Solar… O Regresso…

No dia 09/03/2011 começámos um projecto que tinha o seu fim anunciado para breve, e isto porque após termos considerado todos os custo e a falta de matéria prima, o pequeno painel de 36W/12V/5Amp iria ficar pelo menos por uns 150€ ou mais… Por isso ficou lá na famosa prateleira que todos temos em casa que se chama de “Futuros Projectos”.

Infelizmente nunca mais se concretizou..

Mas eis que aproximadamente um ano depois surge uma nova oportunidade de continuar o nosso projecto Solar mas desta vez com coisas pré-feitas e por metade do preço e mais do dobro da potencia. A realidade é que hoje em dia já não compensa, em Portugal pelo menos, fazer o nosso próprio painel quando podemos comprar por poucos euros um painel de 100W/12V/6Amp.

E foi o que fizemos, ontem quando chegamos a casa tínhamos a nossa espera esta maravilha.

São dois painéis de 100W mono cristalinos de 12V/6Amp.

Claro que tivemos logo que as abrir para ver o conteúdo e fazer um teste:

Com tempo nublado e já perto das 19:00 estávamos a debitar uns belos 16.9V, infelizmente não conseguimos ver a amperagem porque já há algum tempo que o nosso voltímetro tem o fusível da amperagem fundido 😛 (Nota: nunca tentem ver a amperagem de uma bateria de 12 amp/h com um amperímetro que só da ate 10amp)

Resumindo, em breve irão surgir muitos mais posts sobre este assunto porque ainda este fim de semana ja vamos começar a montagem de alguns sistemas lá por casa, fiquem por ai 😉

As Caleiras…e a Limpeza…

A nossa casa, e por mais estranho que isto pareça não tem telhado de telha, usa uma especie de chapas com revestimento térmico entre elas.

É algo tipo isto mas em branco:

Elas estão devidamente inclinadas para que a agua da chuva escorra para as pontas e depois o próprio telhado tem as caleiras incorporadas, está bem pensado porque poupamos € em caleiras 🙂

Quando fomos ao telhado durante esta semana para tirar umas medidas para outro projecto reparámos que as mesmas estavam a precisar de uma limpeza, por isso sábado de manha bem cedinho lá fomos para o telhado munidos de pá, espátula, e vassoura.

Não demorámos mais de 10 minutos a limpar tudo e reparem que isto poderá impedir infiltrações desnecessárias num futuro próximo, é um procedimento que tencionamos fazer sempre no fim do verão e no inicio da primavera.

Vejam o antes e o depois na foto que se segue.

Simples não?

Agora para Setembro voltamos lá 😉

O Nosso Museu de Fotografia…

No outro dia quando andávamos a fazer arrumações, encontramos algumas maquinas fotográficas antigas que em tempos já tiveram a sua gloria.

Ora bem, logo tivemos a excelente ideia de fazer um pequeno museu/mostruário delas na nossa sala, e para isso usamos uma vitrina do Ikea que estavam em promoção. Demoramos um pouco mais porque estávamos a espera de uma oportunidade de irmos ao Ikea comprar a dita vitrina. O resultado final ficou excelente.

A primeira prateleira é onde colocamos os nossos mini fotógrafos, no qual temos desde um boneco lego com uma Canon 70-200 f2.8, mini figuras de jornalistas com maquinas fotográficas. Passando como não podia deixar de ser pelo peluche mais mediático no reino da fotografia – O nosso What the Duck!

Na segunda prateleira temos:

  • Zenit 12
  • Agfa Synchro Box
  • Baby Brownie Special e um rolo que expirou em Março de 1977
  • Fotomotro
  • Canon QL 25

Na terceira prateleira:

  • Ultra Fex
  • Polaroid Land Camera 1000
  • Agfamatic e um rolo que expirou em 2004
  • Canon IXUS 300 ( a nossa primeira maquina digital)
  • Lumiere

Na prateleira final:

  • World Press Photo 2009
  • Os nossos Moo Cards.

Um dos passos do projecto é tirar uma foto ou mais com cada uma destas maquinas e colocar lá ao lado. Ja temos os rolos para quase todas 🙂

 

O Painel das Ferramentas…

Já eramos para ter falado deste post a semana passa, mas devido a problemas que mencionamos ontem no post de balanço de fim de semana, tal não nos foi possivel, por isso aqui fica.

Já há muito tempo que andávamos a pensar como iríamos fazer um painel para arrumar “decentemente” as nossas ferramentas, na garagem, até porque cada vez que precisávamos de algumas delas tínhamos que quase desarrumar tudo para conseguir chegar até elas.

A soluçao surgiu quando na Dica(lidl) nos surgiu um painel modular, com os respectivos suportes para as ferramentas.

E pronto, mãos a obra, temos o antes:

E apenas 12 furos, 12 buchas e 12 parafusos depois eis o que ficávamos:

Infelizmente não deu para colocar todas as nossas ferramentas, mas deu para colocar as mais usadas no dia a dia, sendo que ainda podemos vir a acrescentar mais um ou dois quadros.

Para já estamos muito satisfeitos com o resultado, e tem sido muito mais pratico usar qualquer ferramenta.

Mais uma vez, o Lidl veio-nos salvar 😉

Balanço do Fim de Semana…em 2012/02/17

O fim de semana em si foi relativamente calmo, tivemos apenas que fazer as tarefas rotineiras. Sendo que foram:

  • Limpeza semanal do galinheiro
  • Limpeza semanal da gaiola dos Fanequinhos
  • Apanhar ervas
  • Regar o quintal
  • Montamos finalmente o sistema de disjuntores elétricos na garagem
  • Demos uma arrumação a garagem.

Mas o que realmente nos ocupou bastante tempo durante a semana passada e algum também no fim de semana, foram os nossos blogs e paginas, é que andou prai um vírus manhoso que nos afectou os blogs todos. O que o vírus fazia era redirecionar as paginas para um site manhoso… se aconteceu a alguém pedimos desculpa, mas também não sabíamos!

Enfim, mas assim que tivemos tudo resolvido, no que diz respeito ao vírus, e como gostamos de andar sempre a mudar a casa, aproveitámos para refazer dois dos nossos sites:

  • Loja da Faneca – Deixou de ser um site de e-commerce para ser um  blog de vendas em segunda mão e artesanato tudo feito pela Faneca. Deem um salto por lá que tem coisas novas a preços MUITO bons 🙂
  • Ficou ainda por refazer o Semenclasse

Como podem ver foi uma daquelas semanas e um daqueles fins de semana 😉

Projecto Singer™

Um dos projectos que já à muitos anos tinhamos em mente, era o de termos uma maquina de costura antiga daquelas da Singer que ha por ai na casa de todos os avos. Mas como no nosso caso nao tinhamos na casa dos avos, decidimos ir a procura de uma so mesmo nossa.

A tarefa foi mais facil do que o que estavamos a espera e depois de perto de um dia de volta de Olx/Coisas.com/Custojusto.pt conseguimos encontrar a que era quase perfeita. E dizemos quase, porque os pes e o tampo nao sao os que tinhamos idealizado.

Mas o que podemos concluir é que assim ainda vai ser mais interessante, porque passamos do projecto de ter uma maquina de costura para um projecto que passa por ter uma maquina de costura e fazer um tampo como nós queremos. 🙂

E sem mais demora, apresentamos a nossa maquina de costura:

Brutal, não é? 🙂

Agora só falta mesmo comprar um bocado de madeira e começar a trabalhar no tampo de madeira maciça, porque este é daquele tipo de formica, e já está um pouco danificado. Mas isso já fica para outro post.

Enfim, mais um projecto aqui nosso 🙂

Villa Faneca™ – O Novo Acesso.

Quando começamos a construir a nossa pequena Villa Faneca™ lemos em inúmeros sítios que devíamos ter atenção a certos e determinados pontos, que claro, nós não tivemos…

Pontos como, espaço, tamanho, limpeza, etc, etc etc, e por isso mesmo temos tentado melhorar a pouco e pouco o nosso espaço onde as miúdas vivem, desde o aumento do “quintal” ate ao novo telhado.

Mas agora um dos pontos que mais nos andava a preocupar era mesmo o acesso ao dormitório, que inicialmente era feito por baixo e agora já não estava a funcionar. Detectamos que a Maria, andava a ficar com o peito sem penas e por vezes em ferida e que a Gertrudes tinha ganho medo de descer do dormitório. Tínhamos que agir o mais rápido possível, e assim foi, deste domingo não passou.

Mais uma vez falhamos e não tiramos muitas fotos, mas como hoje em dia os dias são tão curtos e muito trabalho havia a fazer, acabamos por nos esquecer de tirar as fotos decentemente, mas ainda temos algumas que dá para contar bem a historia 🙂

Usando uma montagem de três fotos rapidamente se explica o básico:

Primeiro tapamos o buraco existente no chão. Em seguida usando a porta recortámos um quadrado, tentámos minimizar ao máximo o recorte da porta para não perder a consistência. Ou seja removemos a moldura, depois recortamos as madeiras a medida e fizemos uma nova moldura.

Em seguida e pode-se ver ali na foto de baixo construimos uma pequena varanda para facilitar a entrada no dormitório e usamos a mesma rampa de acesso mas mais elevada, que para já esta assente em cima de uma grande de mini’s, mas no futuro é para melhorar.

Como dissemos as fotos não estão das melhores, e teremos que tirar novas fotos.

Na primeira noite acendemos a luz do dormitório para ver se elas percebiam como subir, mas não funcionou e mais uma vez tivemos que lhes pegar e colocar la dentro, mas ontem quando chegamos a casa já de noite, lá estavam elas a dormir no seu lugar e inclusive tínhamos mais um ovo o que significa que já sabem bem subir e descer 🙂

O que notamos que melhorou:

  • O acesso pelas miúdas ao seu dormitório
  • Como já não tem buraco no chão a serradura aguenta-se mais tempo la dentro fazendo com que o chão não fique tão sujo
  • Elas estão mais confortáveis.

O que falta fazer:

  • Pintar a moldura da porta
  • Pintar a varanda e as escadas
  • Melhorar a base das escadas
  • Fazer uma porta automática para o acesso(assim entra frio)

Temos ainda que confirmar se realmente elas descem pela rampa ou se se atiram da varanda cá para baixo, o que não é grave, mas queremos saber.

No geral estamos muito satisfeitos com as alterações e pensamos que as miúdas também 🙂

Ainda fizemos mais umas alterações à Villa Faneca™ mas isso fica para outro post.

Estufa da SFG1…

Bem, não se pode chamar uma estufa das melhores, mas pelo menos aparentemente as alfaces parece que gostaram de não levarem a noite toda com humidade.

A técnica é simples:

  • 3 Tubos de electricidade (0.30€ x3)
  • Alguns ZipTies
  • Um plástico grande do chinês (0.75€)

E pumba temos uma estufa, usamos algumas molas que tínhamos lá para fixar o plástico e nas pontas agrafamos dois bocados de madeira para fazer peso.

Os bocados de madeira teem a vantagem acrescida de se quisermos podemos enrolar o plástico e remover completamente a estufa.

O aspecto ficou este:

Infelizmente desta vez não tiramos mais fotos do processo de construção mas se procurem ai pelo youtube o que não falta são vídeos de como fazer uma estufa para a SFG.

Precisamos ainda de melhorar:

  • A maneira como esta presa a SFG.
  • Comprar um plástico maior porque a “porta” não fecha bem.

Mas para já serve e sente-se bem a diferença de temperatura dentro da estufa.

Fica um vídeo de uma versão que gostamos muito:

Temos que ver porque antigamente tínhamos pazadas de ferros das tendas de campismo antigas 😉

Bananas Desidratadas…

Não temos bem a certeza se já o tínhamos feito, a Faneca diz que sim eu digo que não. Mas por via das duvidas, vamos aqui falar de bananas desidratadas.

No Codebits V, um grande amigo nosso o Antonio pediu-nos se lhe podíamos desidratar 1 quilo de bananas para colocar nos cereais ou nos iogurtes matinais. E nós claro que dissemos prontamente que sim.

Desidratar bananas é das coisas mais fáceis que existe, a única parte chata é mesmo o de cortar as rodelas de banana todas com +/- a mesma espessura. (Nota para nos: Arranjar uma daquelas “fatiadoras” manuais, que antigamente apresentava muito na TV).

Para as bananas deixamos no desidratador perto de 12 horas, mas apenas porque nos deixamos ficar a dormir ate um pouco mais tarde neste ultimo feriado de 1 de Dezembro, 😉 porque bastam umas 8 a 10 horas.

Apenas a ter em atenção que as bananas não devem ficar totalmente secas, podem, mas ficam melhores se ficarem assim um pouco para o moles, e foi o que nos aconteceu. E tirando o facto que dão mais trabalho a tirar das prateleiras do que a por, a realidade é que as bananas desidratadas são muito boas. Agora só esperamos é que o António goste 🙂

A grande vantagem, das bananas desidratadas é que podemos ter sempre esta fruta para colocar em qualquer prato, mesmo saladas de frutas, claro que podemos sempre ter o fruto sem estar desidratado, mas pensem la bem quanto tempo é que dura uma banana que esta na fruteira? 😉

Note-se que com isto não queremos dizer que somos fanáticos da desidratação e que é a melhor coisa do mundo, porque não é. Simplesmente é uma boa alternativa para ter sempre quase tudo o que precisamos ali ao pé, e com os devidos cuidados, com a mesma frescura de um produto acabadinho de apanhar da horta ou de trazer de algum lado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...