Apanhámos as Cebolas…

Quando no passado dia 07/11/2011  plantámos cebolas, não fazíamos ideia se ia correr bem ou não.

Mas a verdade é que ao longo destes meses, fomos vendo as mesmas a desenvolverem-se cada vez mais e ontem foi então o grande dia de as apanhar 🙂

Não sabemos ao certo se já estaria na altura, mas considerando que parte da rama já começava a secar, achámos que sim.

A ideia era apanha-las e deixar à sombra a secar com a rama grande, para depois fazermos tranças de cebolas para guardar. Mas como sempre a nossa falta de espaço falou mais alto e optámos por cortar a rama deixando perto de 10 cm’s em cada cebola e deixar a secar à sombra.

São perto de 3Kgs de cebola, o que não é muito, mas se considerarmos que foi a primeira vez à experiência que o fizemos, não é nada mau 🙂

E que bom aspecto que elas teem. Agora algumas vamos comendo assim em verdes e as outras vão secando para durarem mais tempo.

A Couve Flor…em 2012/05/25

Finalmente apanhámos as couves que tinhamos plantado no inicio do Inverno. So plantámos couve flor porque a experiência de cultivo de couves sem produtos químicos não foi boa. Por isso não quisemos arriscar, mas a realidade é que conseguimos tirar umas belas 6 couves flor que iremos tentar fazer pickles com as cenouras que também temos cultivadas na nossa pequena horta 🙂

E digam lá que não tem bom aspecto? Para o ano somos capazes de tentar novamente 🙂

Nota: À semelhança do que pedimos para as azeitonas, queríamos pedir dicas para fazer pickles deixem ai nos comentários. Obrigado

Os Nossos Brócolos…

Finalmente esta semana apanhamos os nosso primeiros brócolos. 🙂

Não são os mais verdinhos ou com bom aspecto, porque pensamos que já os apanhamos tarde demais. Como não tínhamos intenções de comer brócolos ontem, decidimos passa-los em água a ferver e depois desidratador com eles 😉

Tivemos foi que antes de os passar na água a ferver limpar das pequenas lagartas que com este tempo começaram a aparecer, ou seja já não vamos plantar mais couves nesta altura.

Os Brocolos…em 2012/03/12

Desta vez, parece que vamos conseguir ter brócolos para comer/desidratar 🙂

Não sabemos se foi do frio que se fez sentir ou se simplesmente por pura sorte, as nossas couves nao ficaram cheias de lagartas como da ultima vez que tentámos. Mas o que é certo é que temos brócolos.

O que nos dá força para continuar a plantar couves…

 

Sopa de Espinafres…

Não, não vamos aqui dar uma receita de sopa de espinafres, vamos sim falar de que ontem pela primeira vez fizemos sopa com espinafres da nossa pequena SFG 🙂

Não sabíamos bem quando se apanham estes espinafres que são do tipo de colher e voltar a nascer, mas após muita procura, sem sucesso, decidimos arriscar e apanhar uma mão cheia de folhitas que já estivessem assim para o maiorzito.

O resultado foi excelente e das melhores sopas que já comemos 🙂

Agora esperemos que efectivamente os espinafres voltem a crescer 😉

As Couves…em 2011/12/21

Pois é, voltamos a tentar plantar couves, e aparentemente estão a safar-se.

Plantámos Couve Flor e Brócolos, haviam outras, mas não quisemos arriscar já e alem disso são as únicas que consumimos com fartura.

Se entretanto aparecerem minhocas novamente já temos mais umas mezinhas que vamos tentar para que as couves vinguem 🙂

Os Espinafres…em 2011/12/14

Já em Junho tínhamos tentado plantar espinafres, mas não sabemos bem porque as sementes não germinaram.

Era importante para nós voltarmos a tentar.

Desta vez aproveitámos uma ida ao mercado e comprámos já germinados. Comprámos do tipo de corta e volta a crescer, ou seja, os espinafres há dois tipos, um apanha-se a rama toda e já esta, e o outro, podem-se ir cortando folhas que ele volta a crescer durante algum tempo.

Colocámos 7 pés de espinafre que aparentemente se estão a dar bem. Vamos ver como corre.  A vantagem deste de cortar é que é só ir a horta e apanhar as folhas necessárias para fazer a refeição da hora.

Claro que se fosse o outro tipo também era facil, apanhava-se tudo e desidratava-se o restante 😉

O Feijão…

Já foi há algum tempo que apanhámos todo o nosso feijão, mas nunca tínhamos feito um post sobre os resultados, mas nem é tarde, nem é cedo, é já hoje 🙂

Na realidade o feijão não deu muito, mas deu o suficiente para uma refeiçao para duas pessoas, o que já não é mau. E aqui tal como nos outros produtos, considerando que foi tudo começado como experiência, poderia-se dizer que até nem correu mal 🙂

Para o ano que vem temos alguns pontos a melhorar no que diz respeito ao feijão, nomeadamente:

  • Apanhar as canas para os suportes mais cedo e deixar a secar
  • Plantar mais feijão em vez de apenas 8 pés
  • Tentar plantar em solo mais fundo.
  • Plantar outras variedade de feijão.

Veremos como corre 😉

O Pepino…em 2011/10/07

Lembram-se de no post da semana passada onde falávamos de um “Pepino do Entroncamento“?

Pois bem, na altura mencionámos que não o íamos apanhar e ver até onde é que isto ia dar, e eis que finalmente ontem la decidimos apanhar o pepino simplesmente porque estava a dar cabo da estrutura que sustenta os pepinos.

Ora bem este pepino que veem na fotografia tem nada mais nada menos do que:

  • Comprimento: 30 cm’s
  • Peso: 958g

Por isso pode-se dizer que é realmente um grande pepino. Deixámos a régua para termos uma especie de escala.

Por enquanto não temos mais nenhum deste tamanho a nascer na nossa SFG, mas temos mais cerca de 7 ou 8 pepinos a nascer. Certamente vamos guardar as sementes destes pepinos para plantar para o ano que vem.

Os Pepinos… em 2011/09/28

Bem, não há muito a dizer sobre este vegetal que não para de nascer na nossa pequena SFG, digamos que neste momento temos cerca de 10 pepinos prontos a apanhar e com um tamanho, bem.. errr… grande…

Ora bem, isto vai dar muito que falar, mas a Faneca intitulou este, que talvez seja o nosso maior pepino, de:

“O Pepino do Entroncamento”

Não existe qualquer montagem fotográfica, ou perspectiva, ou ângulo ou assim, o Pepino é mesmo muito grande, e ainda não o apanhámos porque queremos ver ate que tamanho é que ele vai crescer. Mas assim que o apanharmos colocaremos aqui o seu peso e uma fotografia com uma escala ao pé. Para já podem ver ali a minha mão para terem uma ideia. E sem qualquer produto químico ou adubo químico/natural, apenas usámos Compost Tea.

Nota: Nesta altura já vamos com cerca de 20 pepinos apanhados a uma média de 500g cada pepino 🙂

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...