Tampa…do espelho…

Quando construíram as casas de banho da nossa casa, algum arquitecto com a mania que era esperto decidiu colocar a saída de corrente para a luz por cima do espelho, bem, digamos que, muito distante do espelho propriamente dito…

Algo tipo isto:

Ora uma vez que na casa de banho ha bastante humidade, isto nao podia ficar assim e colocar ali uma caixa tambem não dava muito jeito, em primeiro lugar porque tinhamos que ir gastar €€ e em segundo epah, porque simplesmente não ficava bem…teriamos que trabalhar com o que tinhamos cá por casa. Foi quando nos lembramos que tinhamos algures para ai uns restos de calha tecnica bem como os respectivos cantos e t’s e curvas e o catano dessa calha. La fomos nós a procura e encontramos isto:

Era perfeito, bastava então com algum jeito e um x-acto cortar um buraco nesta tampa e pumba tá feito.

Tiradas as medidas de uma maneira bem correcta aka a olho 😉 e o resultado foi:

simples não? agora era so levar para a casa de banho e colocar no sitio e com um pouco de cola quente, essa maravilha do “Faça Voce Mesmo” eu diria mesmo o melhor amigo do verdadeiro DIY’er 😉

E o resultado final ficou este:

Digam la se não ficou com pinta? e a melhor parte é que foi praticamente de borla, porque foi feito com restos de material que tinhamos cá por casa.

Mais um assunto tratado que ja andava pendente à umas semanas…

EDP – Ler o Contador…

Quando nos mudamos para a nossa casa decidimos, como poupados que somos, aderir ao tarifário da EDP do bi-horario Semanal s/Feriados…

Este é o esquema do tarifário… simples, nao?

Não é assim tao complicado como parece, mas a realidade é que a nós não nos compensa. E não compensa simplesmente porque é raro o dia que estamos acordados depois das 24:00 que é quando entra no famoso horário vazio e que a electricidade se torna mais barata. E o que ninguem nos tinha dito é que fora do vazio é mais caro do que se não tivermos o bi-horario. Por isso tinhamos que mudar. E assim foi, com um belo telefonema para a EDP la pedimos a alteração.

Ora aqui surge o primeiro problema. É necessária a contagem que esta no contador…errr…pois… pronto la ligaremos amanha a informar a contagem. Agora meus amigos aqui surge o maior problema, é que, alguem já olhou para os novos contadores da EDP? Aquilo é preciso ser Mestrado em Contadores Aplicados… 😛

Depois de muito olhar  aqui fica uma pequena legenda de como ler aquilo.

NOTA: Os números estão sempre a rodar e se decidirem como nós ver as contagens a noite, convém levar uma lanterna senão vão-se queimar com o isqueiro…sim, foi o que nos aconteceu.

Codigos:

  • 67 – HV, que significa Hora Vazio
  • 68 – HP, que significa Hora Ponta
  • 69 – HC, que significa Hora Cheia
  • 70 – HSV (Presumo que seja o tipo de tarifário, apesar de na EDP terem dito que era so para os técnicos especializados 😛 )
  • 81 -Total

Enfim, penso que com isto ja podem ter uma ajuda, eu sei que a nós nos tinha dado jeito 😉

O Nosso DIY Favorito…

Este é sem duvida o nosso “Faça Você Mesmo” favorito 😉

E claro churrasco que se preze tem que ter minis, por isso mais vale dar uso ao frigorifico que andava de um lado para o outro sem destino…

Bom almoço para todos…

O nosso aquário…mas pikeno…

NOTA: Hehe, nos não vamos mesmo fazer um aquário destes, até porque os peixes nao sobreviviam devido a falta de espaço e de oxigénio, sim porque caso não saibam, os peixes também sofrem de stress e de falta de ar! Mas a ideia não deixa de ser engraçada 🙂

O  problema dos aquários convencionais é que alem de ocupar muito espaço e tempo ainda temos o gastar muita electricidade, entre lâmpadas, resistências, motores de bolhas e mais e mais… mas eis que chegou a solução 🙂

Por isso e apos termos lido durante 1 minuto decidimos que queremos por isso este será mais um dos nossos projectos brevemente, fiquem atentos. 🙂

A noticia foi lida no Blog da Makezine e diz o seguinte:

Among the more delightful members of the set of all possible World’s X-est Ys, IMHO, is this 3 x 2.4 x 1.4 cm freshwater fishtank from Russian miniaturist Anatoly Konenko. It’s stocked with three tiny zebrafish and outfitted with matching tiny net and bubbler. There’s an English-language piece at The Daily Mail. [Thanks, Alan Dove!]

Agora vejam este video e digam la que nao da vontade de ter uma serie deles la em casa!! 🙂

Lampadas Economicas…

Se há coisa que me irrita são lâmpadas economicas fundidas…

É que, gaita, cada vez que temos que substituir uma são cerca de 5€ que vão há vida… Onde é que esta a economia da coisa?!?!

Enfim… Mais uma tarefa feita e à chuva :p

Proteger a nossa SFG? – DONE

o yeahhhh 🙂

Ontem depois do post em que mencionava ja sabiamos como é que iamos proteger a nossa horta, la fomos entao ao Leroy e depois de muito procurar para gastar o menos possível la voltamos a casa com a seguinte lista de material:

  1. 2x Rolos de Rede de “Viveiro de Passaros” com o tamanho 0.5mx5mts (estava em promoção)
  2. 6x Ripas de Madeira da mais barata e rasca
  3. 2x Sacos de Braçadeiras aka Zipties ( isto foi mais caro que a madeira :S)

Tratava-se agora de meter mãos a obra:

– lapis atras da orelha, metro, serra de esquadrias, maquina de pregos por compressor, etc, CHECK.

Vamos a isso:

Como a madeira é realmente fraca e de pouca qualidade, nao dava para por parafusos, por isso usamos uma maquina que adoramos que era do meu pai, que é uma maquina de por pregos usando o compressor, a semelhança do que é usado no filme Aracnofobia para matar a aranha principal, mas com pregos mais pikenos 😉 yuckkk odeio aranhas….

Por isso, em menos de 20 minutos de “corte e costura” tinhamos a base montada:

Vinha agora, o que pensavamos que era a parte mais facil, mas estavamos como sempre, redondamente enganados…é que a rede que compramos não é assim tao maleavel, e corta…mas corta mesmo muito.

E mais uma vez ficamos arrependidos de nao termos comprado um alicate de corte novo, é que as bolhas que temos nas mãos sao estupidamente grandes, porque afinal de contas foram 100 braçadeiras de plastico, e nao sei quantos milhares de cortes na rede para colocar a rede a forma do triangulo…

Ok a pergunta é: Mas porque é que nao fizemos um cubo em vez do triangulo?? epahh… estetica, pura e simplesmente estetica, nao conseguimos encontrar mais nenhuma razão válida.

Confessamos que a determinada altura, la por volta das 23:00 ja começavamos a mandar a protecçao para varios sitios que nao vou mencionar uma vez que isto é um blog de familia e respeitado :P…os animais que isto irá proteger a horta de, bem, esses nem imagino como tinham as orelhas, mas olhem que lhe chamámos muitos e feios nomes….

Enfim… tá feito, mais um projecto com sucesso, achamos nos, e este é o resultado final:

HA HA, acabaram-se os “cocos” de gatos e afiliados na nossa horta, e pelo outro lado positivo, assim os nossos morangos que nao param de crescer a olhos vistos, estão protegidos dos passaros 😉

Março – Agricultura/Jardinagem/Animais

O que se deve fazer, tirado do famoso Borda d’Agua:

Preparar a terra para o milho e a batata de regadio, e nas regiões com menos geada, semear trigo, aveia, centeio e cevada. No Minguante podar ainda as árvores frutíferas e continuar os seus tratamentos. As laranjeiras devem ser pulverizadas com cal em pó ou em leite. Resinar os pinheiros. Concluir as trasfegas do vinho e na vinha combater o oidio.

Na Horta preparar as estacas para feijões e ervilhas. Semear abóbora, alface, beterraba, couves, baiça, ervilha, espinafre, feijão, melancia, melão, pepino, salsa, tomate, etc. Colher cebolas brancas e cebolinhos, rabanetes e azedas.

No Jardim semear amores-perfeitos, cravos, crisantemos, dalias, bocas-de-lobo e chagas, além das indicadas nos meses anteriores. Colher as flores de tulipas serôdias, campainhas brancas, narcisos e goivos.

Animais: vacinar os porcos contra doenças rubras e os bovinos, caprinos e ovinos contra o carbúnculo.

Apenas mais um extra, quando plantarem as coisas, esperem pelo quarto crescente…vejam ai no widget ao lado 😉

Bons cultivos…

Suporte da Mangueira…

Epah…este titulo não soa la muito bem 😛
enfim…vamos ao que interessa, sempre fui um pouco contra furar paredes para colocar suportes para mangueiras, talvez por durante toda a minha vida ter assistido ao meu pai constantemente à guerra para encontrar suportes novos que ficassem bem nos furos que já lá existiam..mas uma vez que com a colocaçao dos barris no quintal, nao tinhamos grandes hipoteses de ter a mangueira enrrolada num carro, teve mesmo que ser:

Foi um suporte que custou uns maravilhosos 2.50€ e espero que dure para muitos anos, é de um plastico fraquito, mas também pelo preço não se podia pedir mais… enfim, mais um assunto arrumado no quintal…

Projector quintal…

Quando começamos a por candeeiros na rua chegamos a conclusão que bastava por na parte da frente, e que depois lá para a frente logo comprávamos para a parte de tras…pois… o problema, é que comprar candeeiros em promoção tem as suas desvantagens,  é que eles esgotam….

Tínhamos que arranjar uma outra alternativa para a parte de trás.

A solução foi encontrada quando dava uma olhadela as tralhas que ainda temos na casa da minha mãe. Um projector que usei no passado para tirar fotografias de estudio:

So tínhamos que comprar uma lâmpada nova mais económica, sim porque 500W upa upa… e pumba, sempre poupavamos uns trocos na compra de um projector, uma vez que este estava em perfeitas condições.

Depois de as devidas furacões e instalações eléctricas o resultado foi este:

Resumindo, depois de por uma das lâmpadas económicas (200W=350W) = 2.58€, o que podemos concluir é que se calhar a Camara Municipal vai começar a pagar-me iluminação Publica, porque…epah…digamos que quando o ligamos fica de dia no quintal 🙂

Toalheiros… Check

E pronto… Tão prontos…

Ja temos onde pendurar as toalhas e o mais importante que tudo, rolo de papel higiénico 😛

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...