Os Cabos do Painel Solar…

Tínhamos duas maneiras de ligar os painéis solares, ou em serie ou em paralelo, sendo que em série ficávamos com um sistema de 24V e em paralelo com um sistema de 12V.

Havia aqui várias coisas a considerar sendo uma delas o comprimento/mm2 do cabo de ligação, porque em DC(corrente continua) as percas pelo cabo são muito grandes, por isso um cabo quando maior o condutor melhor a condutividade.

Conseguimos arranjar um cabo 3G4 ou seja 3 condutores de 4mm2 cada,  o que dá um cabo de 33mm2 alem disso ainda decidimos usar, não um, mas sim dois destes cabos, um para o positivo e outro para o negativo e assim segundo as nossas contas mantivemos a perca abaixo os 3% que recomendam, na realidade com este cabo as percas ficam abaixo dos 0.5%. Claro que isto é num sistema de 12V se fosse em 24V mudava tudo, mas como todo o resto do equipamento que temos é 12V decidimos manter os 12V. Os testes que já fizemos esta com óptimas performances.

Nota: Em serie mantêm-se os Volts e duplicam os Amperes. Em paralelo mantêm-se os Amperes e duplicam os Volts.

Voltando aos cabos do painel, eles de fábrica veem com conectores MC4 que os bons são caros, e já tínhamos lido que os baratos (made in China) não são viáveis e por vezes deixam mesmo de funcionar, decidimos ir pela solução de cortar os terminais e fazer ligações directas as barras de terminais, mas faltou-nos um pormenor, não tínhamos barras para tal tamanho de cabo, lá fomos pela solução à tuga (QUE não recomendamos a fazerem).

Sim, isso mesmo, fita-cola… vergonhoso… Mas nada que depois no dia seguinte e uma visita à loja de artigos de electricidade não resolvesse.

Comprámos uma barra de neutro com 13 terminais.

Cortamos ao meio e ficamos com duas barras de 6 conectores para cada lado, o que dava para o positivo com três condutores do cabo principal e para os dois positivos dos dois painéis, e a mesma quantidade para o negativo do sistema.

Depois ainda mudamos cada um para a sua caixa estanque, uma para o positivo e uma para o negativo, e ainda ficamos com a possibilidade no futuro de adicionar ate mais dois painéis. Para já estamos satisfeitos com estas ligações e é o que irá ficar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comments
  • Rodolfo says:

    Uma questão essa caixa de pvc é estanque certo? Deduzo seriamente que sim pois é deveras importante que seja.
    Outra questão que já te tinha feito anteriormente é que nao me respondeste foi.

    Quanto te ficaram esses dois paines? em aérios?

    • rechena says:

      Bom dia Rodolfo, peço desculpa não ter respondido a tua questão do preço dos painéis, mas sinceramente não te sei dizer, porque isto foi um negocio de troca por uns computadores que tinha la em casa que a pessoa penso que ate já trocou por outra coisa qualquer 🙂 mas sim, sei que ele os compra na Alemanha, vou tentar saber o preço.
      Sobre as caixas, obviamente são estanques, tal como menciono no post, mas de qualquer maneira alem disso ainda estão por baixo dos painéis, e o positivo e o negativo estão em caixas separadas, por isso se por ventura entrar agua numa das caixas, não tem qualquer problema, claro que nao é bom, mas não provoca curto circuitos.

      Mas obrigado pela preocupaçao, e por seguires este nosso projecto. E tu, já começaste o teu?

      • Rodolfo says:

        Não tinha reparado que tinhas mencionado no Post a questão da caixa estanque.

        Em relação ao painéis solares, não sei se te recordas mas eu também fiz um estudo se seria fiável ou não fazer um painel solar com as celulas compradas no ebay… fiquei muito entusiasmado pelo que vi no youtube,contudo depois de fazer contas vi que ficava caro…certamente ficaria e fica mais em conta comprar um já feito…
        Agora ando a sondar os preços e também das baterias…tu já tas safo..
        Agora eu ainda me falta mais “essa”.

        Bom eu moro em um apartamento e não em uma vivenda como tu… logo estou um pouco limitado.. alias diria mesmo muito. Teria que os colocar no telhado do meu prédio.

        Vais me servir de cobaia, quero ver como isso fica no final… Pois tambem ainda nao percebi o que queres “energizar” com os paines.

        No meu caso pretendia, fornecer energia ao portatil,Popcorn hour, a um receptor satelite, ao meu router, e se der ainda a minha tv. para ja isto..

        Aguardo mais novidades tuas…fixe fixe seria tornar eles rotativos, ou melhor um solar tracker.. ja vi no youtube uns projectos com o arduino mas é tudo em miniatura… e ai aproveitasse sempre o sol.

        • rechena says:

          Pois, realmente foi o que nos aconteceu no que diz respeito ao kit, é muito giro, e esperamos um dia ainda o acabar, mas para já nao compensa…
          Sobre o meteres os paineis no telhado do predio, cuidado com a distancia, porque quando maior a distancia (em DC) maior o cabo tem que ser, acredita que as percas sao gigantes.

          Sobre o que vou energizar para já ainda ando em testes, a ver o que produzem por dia e por mes, etc, para teres uma ideia ontem so consegui 100Watts no dia inteiro, é uma miseria. Mas a ideia é baterias para alimentar a iluminação do piso superior da casa e mais alguns aparelhos pequenos la de casa, pelos meus cálculos de gastos, chega bem.

          O projecto inicial era para ser rotativos, usando uma base de uma parabólica, mas por vários motivos, não avançamos por ai, nomeadamente:
          1- Expansão, a base da parabólica no máximo metíamos la 4 painéis, e não sabemos só futuro
          2- O telhado que temos teria que levar alterações para suportar uma base destas
          3- O tracker não iríamos usar arduino mas sim uma solução ja feita que ficaria por volta de 30€ ja com tudo, era so ligar ao actuador.

          Mas para já o custo que verificamos de meter base rotativa e os problemas que as bases rotativas dao (motores a avariar, etc) a relaçao custo/problemas, sai mais barato comprar mais paineis. 😉

          Para já as novidades vao abrandar, porque o € nao da para tudo, o proximo passo é mesmo começar a “arrumar a casa” 😉

Leave a Comment